Buscar
  • EJECart

Como “Gente, Gestão e Endomarketing” podem auxiliar “Projetos” em campo?


Pode-se considerar que uma ida à campo não é uma tarefa fácil. Envolve uma preparação antecipada, desde a reunião com o cliente para saber a necessidade real do serviço a ser prestado, o fechamento do contrato, e por fim as possibilidades de datas – horário disponível para toda a equipe envolvida-, listagem de equipamento, condição do tempo, etc.

Durante a execução da atividade em campo, estudantes e profissionais acostumados a essa rotina sabem que podem se deparar com uma série de eventualidades: o tempo pode mudar (nebulosidade pode atrapalhar um aerolevantamento, por exemplo); o relevo pode dificultar o acesso, e dificultar a coleta de pontos; animais podem causar problemas – picadas de inseto ou outros animais peçonhentos, bovinos nas pastagens, aparecimento de animais selvagens, etc; sol intenso pode causar mal-estar, entre outras coisas.

Dessa forma, vê-se que a execução de atividades em campo não é para amadores. Vestimenta adequada, uso de protetor solar, ingestão de líquido, e alimentação, não são itens de luxo. Mas muito além desse cuidado com os itens essenciais, o cuidado com o outro deve ser uma característica dos membros da empresa e é ai que entra o time da presidência, atuando no antes, durante e depois de finalizar o projeto.

Inspirar os membros a ter zelo pelo colega, como uma atitude profissional em qualquer ambiente – dentro e fora da empresa- além de corroborar com o espírito de pertencimento, facilita a execução de tarefas em condições menos favoráveis.

Quem já foi a campo sabe que tudo pode acontecer, ou nada! O equipamento simplesmente pode não funcionar corretamente, e se algum integrante não tiver espírito de equipe, pode acabar por tornar o ambiente, já não muito feliz, em extremamente desagradável.

O endomarketing em um projeto ajudaria os integrantes a se manter unidos e motivados, assim todos darão seu máximo para obter um melhor resultado na hora do projeto, ajudando no desenvolvimento da equipe junto com Gente e gestão, elaborando atividades interativas, familiarizado o local de trabalho e assim gerando um bom convívio com a equipe e o projeto.

Outro ponto são as atividades exercidas pela gestão de pessoas pós projetos, que compreende uma ferramenta muito importante a Pesquisa de Clima Organizacional (PCO). A PCO é um instrumento para identificar como está o ambiente interno de uma empresa. Por meio dessa ferramenta, é possível entender quais são os principais aspectos positivos percebidos pelos membros e quais as percepções negativas que os mesmos encontram em seu dia a dia. Sendo assim, não seria importante aplicá-la em um projeto? A resposta é sim! Dentro de um projeto temos diversos acontecimentos e fatos importantes a serem coletados e trabalhados, e através dessas informações conseguimos criar planos de ação para transformar o ambiente de um projeto mais harmônico para todos os colaboradores.

Assim, todo o trabalho de fortalecimento de equipe, de valores de uma empresa, deve estar intrínseco em cada membro dentro e fora da empresa. Ter o controle sobre as emoções, levar uma bolachinha para dividir pode fazer muita diferença.


27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo