Buscar
  • EJECart

Agricultura de Precisão


A agricultura de precisão (AP) é uma excelente área de atuação para o Engenheiro Cartógrafo e Agrimensor, já que a mesma se baseia em práticas de nas quais esses engenheiros são especialistas, como a Geodésia, a Fotogrametria, o Sensoriamento Remoto, o Mapeamento e, até mesmo o Sistema de Informação Geográfica (SIG). O conjunto dessas ciências e tecnologias, possibilitam ao produtor agrícola conhecer toda a área de cultivo de maneira mais completa, e ainda ajuda a aumentar o rendimento.

No Brasil, a AP teve início nos anos 90, por meio da utilização de máquinas agrícolas acopladas com receptores GNSS (Global Navigation Satélite System), além de computadores de bordo e outros sistemas que possibilitam a geração de mapas de produtividade.

A Agricultura de Precisão compõe um sistema de gerenciamento agrícola baseado na variabilidade espacial e temporal da produção, em busca de melhorias no manejo das culturas, diminuir a contaminação dos solos das áreas produtivas, aperfeiçoar o uso de insumos agropecuários, redução dos custos de produção, aumento de produtividade e minimização dos impactos ambientais.

Apoiando-se no avanço da tecnologia dos sensores de imageamento, que tem contribuído com o desenvolvimento de áreas do conhecimento como a Fotogrametria e o Sensoriamento Remoto, as imagens hiperespectrais tomadas de plataformas aéreas como o veículo aéreo não-tripulado (VANT) e assinaturas espectrais medidas em campo ou laboratório podem ser utilizados em agricultura de precisão, mais especificamente para diferenciar plantas sadias das doentes, entre outras aplicações.

Esses dados coletados são processados e posteriormente aplicados a softwares de Sistemas de Informações Geográficas (SIG), onde serão analisados e mapeados todos os aspectos de interesse. Proporcionando informação para o planejamento de ação e definição das estratégias de manejo da cultura agrícola visando um melhor gerenciamento da produção.

Outro aspecto importante são os aparelhos receptores GNSS, que acoplados a colheitadeiras, semeadeiras e outros implementos agrícolas, permitem além do levantamento de dados, também a aplicação dosada de defensivos agrícolas com a determinação precisa do posicionamento.


16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo